fbpx Skip to main content Skip to search

Previdência Privada

Você conhece alguém que se aposentou pelo Inss e melhorou de padrão de vida ?

O que é Previdência Privada ?

Previdência privada é uma forma de poupança de longo prazo que você não pensa em fazer, não quer fazer e quando chegar na hora da sua aposentadoria vai olhar para trás e sentir um arrependimento enorme por não ter começado antes. E você teve tempo.

Explico, se você é como eu e a maioria das pessoas, quando pensa como vai ser sua vida no futuro, no seu eu amanhã, seu cérebro faz algo esquisito, ele simplesmente começa a agir como se você fosse uma pessoa estranha, e na verdade uma pessoa que você não se importa muito.

O fato de pensar assim nos faz poupar menos do que podemos para o nosso eu amanhã. Se não conseguimos enxergar hoje que amanhã não teremos renda sem trabalhar, quem pagará suas contas dos 60 aos 90 ou 100 anos?

Este é um dos fatores que explica porque 99% dos aposentados brasileiros depende de filhos, parentes ou terceiros para sobreviver, conforme dados do IBGE.

Agora se você chegou até aqui e talvez tenha alguma preocupação com a sua aposentadoria, então previdência privada é para você.

Previdência privada é uma forma de poupança com o objetivo específico de acumular dinheiro para aposentadoria ou para quando quiser parar de trabalhar por opção e não por necessidade, e assim não depender de terceiros, ter dinheiro para pagar suas contas, o plano de saúde, alimentação, remédios e curtir a vida na companhia da família e dos amigos com liberdade. 

 
Simples assim!

Como fazer Previdência Privada ?

1- Definir a idade de aposentadoria (não se preocupe que pode alterar depois).
Com que idade você sonha parar de trabalhar por opção e viver da renda que vai vir do que construiu ao longo da vida?
Defina a idade de aposentadoria.

2- Quanto precisará receber de aposentadoria?
E nesse ponto é importante entender que não adianta imaginar ganhar R$ 20.000 por mês de aposentadoria se você ganha hoje R$ 5.000.
Faça o cálculo baseado na sua vida atual, pois ao longo do tempo vamos ajustando conforme cresce seu salário ou renda.
Por exemplo, se você tem uma renda de R$ 5.000, quanto é o valor que precisa receber para pagar todas as contas do mês e ficar zerado?
Esta será a base para definir quanto você precisa ganhar de aposentadoria.
Defina quanto quer receber de aposentadoria.

3- Quanto tem disponível hoje para previdência privada?
Depois de identificar quanto precisa poupar para aposentadoria conforme o exemplo acima, é só olhar no seu orçamento e definir com quanto vai começar seu plano de previdência privada.
Lembre que começar com pouco ou abaixo de sua meta é o único caminho para construir sua aposentadoria digna. É muito comum pensar que como tem pouca disponibilidade hoje, vai deixar para começar amanhã com mais, só que na prática o tempo passa e só vamos perceber que não construímos uma reserva financeira as portas da aposentadoria, aí será triste.

4- Como e onde contratar com segurança?
Uma vez definido quanto vai poupar para seu plano de previdência privada, será necessário consultar um profissional especializado para conferir e ajudar a fazer o plano e as definições de que tipo de investidor é você, com o preenchimento de questionário obrigatório para escolher o tipo de fundo onde vai investir o dinheiro. Definir se será um PGBL ou VGBL e a forma de tributação, regressiva ou progressiva conforme o tempo de investimento e objetivo. E vai ser informado das taxas existentes no plano para escolher o mais adequado ao seu perfil.
Parece complicado, mas bem orientado em 10 minutos se fazem estas definições, não se preocupe.

Onde contratar?
Por regulamentação da Susep que controla o mercado de seguros e previdência privada, só quem pode apresentar planos de previdência privada são corretores de seguros habilitados para tal e seus prepostos ou profissionais de instituições financeiras habilitados.

Você pode escolher um corretor de seguros especializado, como eu, que é o mais indicado, pois estes profissionais não têm vínculos com instituições financeira únicas, diferente dos gerentes de Banco que por melhor que possa parecer só podem indicar planos daquela instituição e nem sempre apresentam os melhores planos.

Dica: cuidado com simulações de previdência privada, muitos aproveitadores apresentam rentabilidade alta inexistente. O que define a rentabilidade dos planos é e lâmina de investimentos do fundo escolhido conforme o valor da mensalidade ou aporte inicial, entre outros fatores.

Se precisar qualquer informação sobre previdência privada, pode perguntar ou clicar aqui no whatsapp , ou acima e abaixo da página.

FAZER SIMULAÇÃO DE PREVIDÊNCIA PRIVADA!